29 novembro 2006

Ideias para Portugal (3)

Norte Alentejano: Natureza, Termas, Espelhos de Água, Aeronáutica, Delta
Pontos Fortes
  • A agro-indústria do café em Campo Maior (Delta), as águas em Castelo de Vide e as indústrias de ponta em Ponte-de-Sôr (Dyn’Aero - aeronáutica e Delphi - componentes automóveis)
  • O Parque Natural da Serra de São Mamede, incluído na rede Europarc (Carta Europeia para Turismo Sustentável em Áreas Protegidas) e a sua floresta autóctone
  • Fontes termais sulfurosas em Castelo de Vide, Crato, Fronteira, Marvão (desactivada) e Nisa
  • Inúmeros espelhos de água associados ao rio Tejo e barragens existentes (Belver, Fratel, Montargil, Maranhão, Caia, Póvoa e Meadas) que permitem a prática do recreio e desporto náutico
  • As “marcas do Norte Alentejano” (DOP ou IGP) - azeitona e azeite, castanha de Marvão, maçã de Portalegre, borrego, enchidos, queijo de Tolosa -, e o vinho de Portalegre
  • A criação de cavalos em Alter do Chão, actividade com peso da tradição em Portugal
  • (nas fotos, de cima para baixo: a albufeira de Fratel no rio Tejo, Fonte da Vila em Castelo de Vide e antigas termas da Fadagosa de Marvão)

    4 comentários:

    garina do mar disse...

    o Parque Natural é muita bonito!
    e Castelo de Vide e Marvão também...

    mas não gosto de castanhas!

    Laurus nobilis disse...

    Explica-me, o que é que tens contra os frutos de casca rija! Até pões fotografias de castanheiros com ouriços no 11 de Novembro...

    garina do mar disse...

    Não fui eu que pus :(
    mas até são bonitos...

    e gosto de avelãs! e de amêndoas torradas (daquelas da Páscoa também não gosto...)!! de castanhas só com meio centímetro de manteiga em cima... acho que são um bocado massudas!

    Laurus nobilis disse...

    tens razão... foi o Nautilus! desculpa a confusão, mas já estou a ficar mesmo antigo... agora, umas boas castanhas assadas, nunca serão massudas...