11 novembro 2006

Dia de São Martinho

Na falta de castanhas assadas, aqui ficam elas, ainda nos seus trajes de Verão.

7 comentários:

garina do mar disse...

Não gosto de castanhas! nem de água pé! Antes um copinho de vinho tinto...
Mas não era o s.o.s. que tinha oferecido umas castanhas de luxo? se calhar ficaram em cinzas...

Laurus nobilis disse...

Verão de S. Martinho

Num dia tempestuoso ia São Martinho, valoroso soldado, montado no seu cavalo, quando viu um mendigo quase nu, tremendo de frio, que lhe estendia a mão suplicante e gelada.

S. Martinho não hesitou: parou o cavalo, poisou a sua mão carinhosamente na do pobre e, em seguida, com a espada cortou ao meio a sua capa de militar, dando metade ao mendigo.

Apesar de mal agasalhado e de chover torrencialmente, preparava-se para continuar o seu caminho, cheio de felicidade quando, subitamente, a tempestade desfez-se, o céu ficou límpido e um sol de Estio inundou a terra de luz e calor.

Diz-se, que Deus, para que não se apagasse da memória dos homens o acto de bondade praticado pelo Santo, todos os anos, nessa mesma época, cessa por alguns dias o tempo frio e o céu e a terra sorriem com a benção dum sol quente e miraculoso.

garina do mar disse...

Fixe a história... quer dizer, sabia a história da capa, mas não a do Verão de São Martinho...

s.o.s. disse...

prometido para ser cumprido tal como prometido no próximo fim de semana no estuário do Tejo...lá estarão as melhore castanhas do mundo de .... Casal de Cinza e hei-de arranjar processo de chegarem aos Açores! ... lindos ouriços!

garina do mar disse...

as castanhas vêm de barco? apanhavam ali o Zêzere e vinham por aí abaixo.. ou então o Côa, depois passavam pelo túnel Sabugal-Meimoa e vinham dar ao Tejo...
se na Holanda há uns túneis pra levar flores das plantações para o Aeroporto... se dantes o gelo vinha Tejo abaixo para Lisboa podíamos decobrir um novo modo de transporte aquático pra trazer os produtos do interior para a cidade!!

s.o.s. disse...

ee soo esperar pelas previsoes do Al Gore e entram na ribeira das cabras em casal de cinza(praia) e depois de canoa...

garina do mar disse...

esse senhor é um bocado alarmista de mais... o que é contra producente! tipo o Pedro e o Lobo, depois ninguém acredita... é melhor fazermos o canal... ligar o Douro ao Tejo e pôr lá daqueles barquinhos como andam em França..
Claro que para isso é preciso fazer Foz Côa!