31 dezembro 2006

Na h-uile la gu math duit

A sorbus aucuparia, conhecida em Portugal como tramazeira, é uma das árvores sagradas do povo celta. Tal como indica o seu nome que associa as palavras celtas “sor” - áspero e “mel” - mel (macio), esta árvore harmoniza as energias, afastando influências negativas.
Por isso eram plantadas junto dos círculos sagrados (cromeleques) e das casas, como protecção (continuaram depois a ser plantadas nos adros das igrejas). Os druídas usavam-nas para assegurar boa sorte para os seus clãs. Os marinheiros celtas (e vikings) levavam talismãs feitos com a sua madeira para assegurar boas viagens. Um ramo colocado sobre a porta de entrada afasta os maus espíritos, tal como se for apanhado no campo (sem o cortar) e preso na roupa serve de protecção nas caminhadas. E é também a árvore que protege os que nasceram entre 1 e 10 de Abril e de 4 a 13 de Outubro.
Para os comuns, que iniciam agora um ano novo, deixamos aqui um ramo de tramazeira para que vos proteja em 2007.
Para os que, como nós, celebram o novo ano no Samhain, que a tramazeira vos proteja no resto do ano.
Na h-uile la gu math duit (possam todos os teus dias ser bons)

4 comentários:

s.o.s. disse...

que o ano de dois mil e sete vos deixe saudades

Laurus nobilis disse...

A tramazeira e o carvalho são as árvores mais importantes no simbolismo celta; que os seus ramos nos abriguem e protejam durante este 2007!

Chico Zé disse...

Um Bom 2007 também para a menina e os senhores, com todos os dias bons como diz a menina Garina.

Mas já agora que aqui venho, precisava de saber uma coisa. Aquele senhor Rural parece que ficou de dizer o que é que interessava ler daquele plano para a agricultura. Sabe é que aqueles cunhados de uma prima do tio da minha Maria que são dali do pé de Portalegre, lembra-se que eu falei até ao senhor Nobilis, aqueles que têm umas vinhas? pois eles precisavam também de perceber o que está ali escrito e dizem que aquilo é muita coisa e perguntavam se não havia uma maneira mais fácil de ler. Para perceberem o que têm que fazer como andam por aí a dizer que é pra cortar as vinhas eles já não sabem bem. Então se o senhor Rural desse uma ajudinha eles agradeciam.

E um Bom Ano que também manda a minha Maria e o Francisquinho. E nãos e esqueçam de aparecer por aqui. São muito bem vindos!

nautilus disse...

Viva Chico Zé. Vou ver se apanho o Rural por aí.
E um Bom Ano para os que não festejaram connosco o Ano Novo a 31 de Outubro.