21 novembro 2006

Ideias para Portugal (2)

Beja/Évora: Desenvolvimento Rural, Turismo, Alqueva, Renováveis

Pontos Fortes

  • Recursos endógenos relevantes: mármores, pirites, caça, cortiça, plantas aromáticas e medicinais, paisagens e patrimónios qualificados e, em especial, a produção de vinho (Esporão e cooperativas), de azeite e a crescente produção de porco preto, realidades dinâmicas de uma “marca Alentejo”
  • Grande variedade de elementos culturais (Évora Património Mundial, conventos, castelos, ruínas arqueológicas) e bons níveis de acessibilidades, equipamentos e infraestruturação
  • Novas actividades industriais, de elevado valor acrescentado: Tyco - componentes para automóveis (2500 postos de trabalho, Évora); EPCOS - componentes de telemóveis e computadores
(nas fotos: o litoral alentejano junto de Almograve e a zona histórica de Mértola)

1 comentário:

garina do mar disse...

tenho uma fotos muita lindas tiradas um bocadinho mais abaixo, ao pé do cabo Sardão... se hoje ou amanhã arranjar um bocadinho mais de tempo ponho!!
mas o Alentejo é um sítio giro, muito mais que o Algarve.. e também acho que para o turismo tem imenso potencial!!! desde que não deixem estragar o litoral como fizeram lá pra baixo...