29 novembro 2006

Apostar no Futuro

  • Promover actividades complementares à actividade agrícola, desenvolvendo segmentos inovadores e estruturantes como a fileira do cavalo e a agricultura biológica e promover actuações integradas entre a agricultura e o turismo (agro-turismo, enoturismo, eco-turismo e marcas de produtos regionais) e entre o desenvolvimento agrícola e florestal e a conservação da natureza
  • Promover um Plano de Desenvolvimento Turístico que integre as várias componentes: termalismo lúdico, recreio e turismo náutico, turismo de natureza e turismo cultural/etnográfico
  • Dinamizar os parques industriais, logísticos e áreas de localização empresarial apostando na recente dinâmica industrial
  • (fotos, de cima para baixo: olivais em Ouguela, "depósitos" das águas de Castelo de Vide, Centro de apoio à criação de empresas em Fronteira)

    3 comentários:

    garina do mar disse...

    algures entre Portalegre e Fronteira há uma estrada muita fixe!!! supostamente é um atalho mas demora o triplo do tempo que pela estrada normal tantos são os buracos... mas depois passa por umas quintas bonitas que é pena estarem meio abandonadas!

    cardo azul disse...

    No Parque Natural da Reserva de São Mamede existem vários factores de atracção que podem contribuir para estas apostas no futuro.
    Para além dos núcleos históricos de Marvão e Castelo de Vide, bem conhecidos de todos, são de referenciar, ao nível da paisagem, as cristas quartzíticas no alto da serra e os carvalhais onde se destaca a dominância do carvalho negral, e ao nível da avifauna a águia de Bonelli, símbolo do parque, o abutre do Egipto, o grifo e a cegonha negra.
    Mas, ao nível da arqueologia, muito mais interessante que a cidade de Ammaia, é o vastíssimo património megalítico: no Norte Alentejano estão referenciados mais de 500 monumentos megalíticos - dólmenes, menires e sepulturas.

    nautilus disse...

    Obrigado pela informação cardo azul. São um bom complemento e é sempre interessante ficar a saber mais umas coisas sobre as Áreas Protegidas.