22 outubro 2006

Um passeio ao Numão com alguns desvios pelo caminho

Fiz um dia destes um passeio que recomendo! O objectivo era o castelo de Numão, o “dragão” do Douro. Só que pelo caminho até lá, e ali à volta foi um “mar” de descobertas.
Em primeiro lugar os “miradouros” sobre o rio Douro: saindo do Pocinho, pela EM 614, em direcção a Freixo de Numão, encontra-se, em Santo Amaro, o miradouro da Mata dos Carrascos, de onde se vê Vila Nova de Foz Côa e a barragem do Pocinho. Um pouco mais à frente, em Mós, é a capela de Sta. Bárbara que permite visualizar uma das curvas do rio. Por fim, já na EN 324, há um desvio para Seixas, onde o miradouro de São Martinho mostra a zona do Vesúvio e o castelo de Numão.
Em Freixo de Numão mais dois desvios. Andando umas centenas de metros na saída pela EM 614-1 em direcção a Santo Amaro está assinalado o “Castelo Velho”.
Já sabem que sou fã de castros, mas este vale a visita, quer pelo conjunto arqueológico que ali está - um povoado fortificado dos III e II
milénios a.C.,
como pela beleza do conjunto de pedras
...
...
e pela vista deslumbrante.

4 comentários:

Laurus nobilis disse...

O Castro fica na Fraga das Canas, a uma altitude de cerca de 700 metros. A vista é magnífica!

Anónimo disse...

ADORO CASTROS!

Anónimo disse...

ADORO PERNIL ASSADO NO FORNO COM PURÉ DE BATATAS, REGADO A UM BOM TINTO, LUSITANO (DA ERVIDEIRA) DE PREFERÊNCIA, ÓFAXAVÔR!

garina do mar disse...

Marinheira de água doce! e deve ser de barquinhos de papel... na Ervideira só pode! o melhor é ficares à espera que o mar chegue a casal de cinza