08 fevereiro 2007

Adeus Aveiro! (saindo a barra)

Depois, deixando para trás o farol da Barra,
o Creoula aproximou-se dos molhes que delimitam a entrada da barra
(o farolim do molhe sul)
(e o do molhe norte)

3 comentários:

Laurus nobilis disse...

Chegar ou sair assim, a uma barra como a de Aveiro, deve ser espectacular!

garina do mar disse...

estava um dia bonito...
já aconteceu não dar para entrar! ou não entrar porque a seguir não sabíamos se dava para sair...

joao veiga disse...

À direita, pouco,do farol, e ao fundo, a minha casa