21 fevereiro 2007

Em busca de flamingos: a aproximação

Depois do insucesso da semana passada, desta vez correu melhor! Fui encontrá-los numa aquicultura! junto às salinas de Vale de Frades, na Reserva Natural do Estuário do Tejo.

5 comentários:

Laurus nobilis disse...

tinhas razão! com a maré cheia torna-se mais fácil... realmente, a magia está neste Portugal que a maioria das nossas gentes urbanas ignora.

garina do mar disse...

por um lado ainda bem que ignoram.. já viste o que era isto cheio de gente à procura de flamingos? por outro é pior porque a visitação podia estar estruturada o que era melhor do ponto de vista da conservação..
mas já percebi que ver flamingos é uma questão de sorte.. com maré baixa é mais difícil porque podem estar no meio do rio, mas quem viesse aqui meia hora depois não teria visto nada!!

LUIS MIGUEL CORREIA disse...

É surpreendente esse Tejo quase desconhecido... E além dos Flamingos há tantas outras espécies para ver, e respeitar...

LMC

LisbonGirl disse...

Este blog é uma óptima forma de ver através de fotos lindíssimas e de respeitar sem estragar!

nautilus disse...

Afinal sempre conseguiste "apanhar" flamingos! Não há nada como ser persistente. Até porque o resultado saiu muito bem!