25 julho 2006

Porque é que em Esposende não falam uns com os outros?

a barra do Cávado em 95, agora está mais assoreada!
Mais uma notícia no Público de hoje: "Assoreamento da foz do Cávado impede actividade dos pescadores" (Francisco Fonseca)
Há anos que é preciso fazer algo pela barra e pela restinga de Esposende. A barra assoreia, a restinga está em erosão, ou seja uma tem areia a mais, a outra a menos... parecia uma solução simples! mas afinal, parece que não é.. Em 1987/88, quando foi estudado todo o litoral Norte foram propostas soluções: ir dragando sistematicamente a barra e ir colocando a areia na restinga, ou fixar a embocadura com um molhe a sul, resolvendo "definitivamente" o problema. A hipótese de fixação da embocadura foi aproveitada no POOC Caminha-Espinho (95/99), sujeita a avaliação de impacte ambiental. Acabou por ser estudada em 2002, pelo Instituto dos Portos (IPTM). Mas depois houve umas "birras", os portos dizem que a responsabilidade é do ICN, afinal trata-se do Parque Natural do Litoral Norte, mas ao ICN a barra tanto faz, o que os preocupa é a restinga.
Assim, de acordo com a notícia de hoje, o ICN vai dragar, para pôr areia na restinga, mas não draga o canal (talvez uma parte). Talvez daqui uns tempos o IPTM drague a barra, mas se calhar até vende a areia para recuperar os custos. E assim há duas empreitadas, duas vezes duas dragas a trabalhar num sítio considerado sensível, de certeza que vão gastar mais dinheiro e a solução não é de certeza a melhor!
Porque é que em Esposende não falam uns com os outros? Talvez porque em lado nenhum isso acontece!

2 comentários:

Anónimo disse...

Cara Garina do Mar...Quando a AR é como é, tu queres que lá em Esposende eles falem uns com os outros? Só se for por acaso!

garina do mar disse...

Caro anónimo... Esposende é mais pequenino que a AR... e na era das telecomunicações ainda é mais fácil falar... o problema é que há uns que ainda andam às aranhas com a informática... Não será certamente o caso em Esposende, não falam, porque cada um tem a sua capelinha e não quer saber da dos outros!