24 abril 2007

Canoas

Em Moçambique, quando se trata do “ganha-pão”, quer seja na pesca, quer seja no transporte de pessoas e mercadorias, as canoas são um insubstituível instrumento de trabalho.

6 comentários:

A VER NAVIOS disse...

LINDO! É ÁFRICA!
Esta fotografia faz-me lembrar o Rio Zaire, logo a montante do Soyo, antigo Santo António do Zaire e de Banana onde embarcações como estas pescam (pesca de sobrevivência) e fazem a travessia clandestina de pessoas entre Angola e a hoje chamada República Democrática do Zaire.
Parabéns. Fantástico.

nautilus disse...

Tem razão caro A Ver Navios. É lindo e é África. Lembro-me de ver canoas destas por todo o lado lá pelas bandas do Índico. Algumas (ou alguns porque lhes chamam "dhows") são bem toscas mas são mesmo usadas no dia-a-dia.
Da África atlântica não conheço nada mas nestas coisas deve ser parecido.

Laurus nobilis disse...

Qual, inspirou qual? As do Tejo inspiraram estas, ou estas inspiraram as do Tejo?

Laurus nobilis disse...

Estive a lembrar-me e esta questão já tinha sido levantada pela Miúda, em Outubro! Realmente, é impossível não ver as semelhanças...

nautilus disse...

Bem me estava a parecer que andavas um bocado distraído.

garina do mar disse...

pois...
mas é verdade que as canoas por aqui são usadas a sério!! é engraçado vê-las na pesca... vão à vela até lá e depois enrolam a vela e tiram o mastro enquanto pescam!! hei-de mostrar mais fotos..