25 julho 2006

A todos os que amam o mar

Neste "Milhas Náuticas" em que todos amamos o mar, não posso deixar de começar com uma passagem de um livro infantil, da autoria de Carlos Caseiro, chamado "Era uma vez um Rei que amava o mar": "Era uma vez um Rei que amava o mar. O seu reino, pequenino, debruçava-se sobre o grande Oceano Atlântico e a maior parte do seu povo vivia de semear os campos e da pesca. Esse Rei chamava-se Carlos e o reino era o nosso Portugal. Era um reino pequenino na Europa, mas tinha muitas terras espalhadas pelo mundo todo." Até breve...

14 comentários:

D'Alambert disse...

o Carlos de que falas é o mesmo que, ao embarcar no Sud Express em Paris para o seu reino, afirmou para quem o quiz ouvir:
"...
Lá vou outra vez para a piolheira..."
ou isto foi só propaganda republicana?

garina do mar disse...

deve ser mesmo propaganda republicana... ou de algum terráqueo! no mar não costuma haver piolhos, pelo menos desses...

D'Alambert disse...

Mas olha que hove montes de jornalistas que presenciaram e reproduziram os ditos do carlos de bragança....

garina do mar disse...

de certeza que não gostavam do mar... e por isso não perceberam nada! o que é normal, os jornalistas também só percebem o que lhes interessa!

nautilus disse...

Tento na escrita por favor. Informo que apago todos os comentários que considerar infelizes. E que tenho sempre a hipótese de bloquear o acesso a quem não souber comportar-se.

Laurus nobilis disse...

É espantoso como, ao fim de tantos anos, o ódio acumulado se sobrepõe ao amor ao mar. Triste sina a nossa...

o dificil é a circunferencia disse...

oh concha....o que é isto...de lambreta...no mar...um de lambreta...tázaver de lambreta..e é verdade...tázaver...a malta da lambreta anda acoçar-se á uma porrada danos e tudo. porque a malta das lambretas não toma banho...fica da terra a ver passar os navios...tázaver...ó fim destes anos ó da lambreta...onde é que meteste a marinha mercante...ó julgas qésta coisa da mercante era uma coisa cavia lá no mercado da terra...cagora tem chineses...isto é o mar...tázaver...e pa quéque precisas dandar de lambreta...é pa ficares parecido cos franceses ó iropeus ólá o que é candaram a matar a malta e inda querem agora correr agente do brasil e dáfrica e tudo...só se te deram a lambreta...ganada malandro...de lambreta...tázaver...e tens que fazer fretes aos da estranja....tázaver... podias ao menso vender-te pum cadillac ...tázaver...ouvelá era melhor...de cadillac...agora de lambretta...ouvelá...ganda malandro...vai coçar-te...de lambretta...pede ós gajos um cadillac...de cadillac...tázaver...tem outra roda o cadillac...e isto de roda é que é ...co difícil é a circunferência

garina do mar disse...

oh senhor que tem a mania que é difícil! faz favor de se comportar senão o nautilus também corre consigo!

s.o.s. disse...

D. Carlos amava o mar e os Portugueses e tinha governos constitucionais que tal como hoje têm vergonha de serem Portugueses e maltratm todos so que são Portugueses porque não encaram a realidade. É verdade em Portugal e na Almirante Reis só se fizeram wc nos anos trinta do século vinte. É a verdade: Os Portugueses só temos cuidados de higiene há pouco.È verdade que o Tejo, passado um século, é uma fossa e perto cheira muito mal especialmente na maré baixa.
Ele, D. Carlos sabia que havia muito a fazer e que o seu governo constitucional tão democrático como o de hoje nada fazia tal como hoje.
A diferença é só esta: hoje ninguém diz nada ao governo e não amam o mar.
D. Carlos amava o mar e os Portugueses por isso não lhes escondia a verdade...é o primeiro passo para ser melhor. Enfrentar a verdade.
E a verdade foi que D. Carlos amava o mar e não enganava os Portugueses como os jornalistas faziam e fazem...
no dizer do poeta Manuel Alegre....:
imagem...sacanagem!
D. Carlos e D. Luis amavam o mar e os Portugueses não cuidavam da imagem mas da verdade...
quem hoje conduz Portugal e governa não é capaz viver com a verdade e só cuida da imagem.

garina do mar disse...

assim tá melhor! que isto quando o nautilus se zanga liga o jacto e despacha todos!

o dificil é a circunferencia disse...

desculpa lá ó concha...mas isto do nautiluis tem categoria...tázaver...vêm páqui andar de lambreta...naõ pode ser...tázaver...po menos...de cadillac...tázaver...desculpa lá ó nautilus...concha com classe...ouvelá...de lambreta...não pode ser...desculpa lá...

nautilus disse...

Vá lá! vá lá! oh do pi! por esta passa! mas não vale a pena é descer ao nível de quem não merece. Bem vindo aos milhas náuticas! Será que isso quer dizer que já percebeste que a espiral logarítmica é mais difícil que a circunferência?

o dificil é a circunferência disse...

isso com candas metido é uma circunferência cuma infecção...tázaver...a espiral loogaritmica...é uma circunferência ca constipação dos pássaros...eu até nem te queria dizer pa não ficares mal...tázaver...ontem tive co nunes, o pedro ... tázaver.. e ele é que me disse ... tens que dizer ao teu Amigo...isso da constipação e tudo...tázaver...e ele garante-me: o mais dificil é a circunferencia...já deu da televisão e tudo...tázaver...na televisão e tudo e o socrates já prometeu contra a constipação e tudo em dois mil e oito um carrda de circunferências pá malta...tázaver...vê lá sele prometeu essas coisa com candas metido...não...senão tens qir ao médico..não...tázaver...eu já uma vez vi uma receita de logaritmos alimados pà espiral medula ó lá o qéra aquilo...e se não fosse a ela ir dar uma volta não ...tázaver...mete é a espiral a dar um giro que co giro ela aguenta-se....cagora já descobriram a vacina pá constipação dos pássaros...ficam bons e nem pi...o:
co mais dificil é a circunferência...
as melhoras da es(pi)ral e um abaço do teu

Laurus nobilis disse...

Já agora, quase um ano depois, esqueci-me de dizer que a fotografia é da aclamação de SAR, o Senhor D. Carlos, na Praça dos Restauradores em Lisboa.