29 dezembro 2007

Cabo Girão

Com 580 m de altura sobre o mar, este promontório é o mais alto da Europa e o segundo maior do Mundo.
O mar lá em baixo é assim...
E as fajãs estão muito bem aproveitadinhas
(agora há um teleférico até lá abaixo).

24 comentários:

Swt disse...

Ou estas fotos ou as do Ventosga, em post de hoje.
Estas imagens estão de uma nitidez incrível!
Boas para celebrar um Fantástico2008?

A VER NAVIOS disse...

Não posso, não aguento.
Cada fotografia melhor do que a outra.
Without comments!

garina do mar disse...

mas estas fotos foram tiradas com uma máquina "a sério" ;)
(por acaso uma é da máquina anfíbia, serve de grande angular)

quanto ao Fantástico 2008! espero que o seja para todos... mas eu não celebro a passagem de ano dos "civis"
;)

jc disse...

As fotos estão um espetáculo!:)As do Mar Adentro estão cheias de fumo!Pois ...e depois dizem que o Eugénio é que tirou um curso de fotografia por correspondencia da CEE!!!!Um Bom Ano a todos mesmo para aqueles que não celebram a entrada deste ano civil,desejo que seja mesmo bom para todos os que por aqui passam.

Ricardo Cordeiro disse...

Fotos fantásticas! Já estive no Cabo Girão duas vezes... a vista é espectacular! Ver a imensidão de mar "liso" e azul faz-me sempre lembrar os Açores! E a altura mete respeito! Só é pena aquilo estar sempre cheio de gente... porque contemplar a vista com o silêncio seria certamente inovidável.

joao veiga disse...

Náaaaa, estão nitidas demais, não têm o encanto de um Bar Fetiche como o Mar Y Arte, nem o seu famoso Xin Tónico.

(O restaurante é mesmo esse)

garina do mar disse...

há "alturas" para tudo... para ver claro e para esmaecer a realidade!!

mas para a segunda versão prefiro as brumas das Cies (ali bem perto) à desfocagem do tal bar fetiche ;)

Eugénio disse...

Boa Garina!
:)

Velas do Tejo disse...

From Youtube
Um louco a saltar o Cabo Girão

http://www.youtube.com/watch?v=35F2roxAI7A

garina do mar disse...

há loucos para tudo!! mas é de certeza mais rápido que usar o teleférico ;)

garina do mar disse...

voltaste Eugénio? foi curtinha a tua passagem de ano...

swt disse...

Estou como o JC. Nada me vai impedir de desejar que o ano 2008 seja BOM para todos!

garina do mar disse...

oh Swt!! aqui ninguém impede nada a quem "vier por bem" ;)

e eu não desejei nada de mal a ninguém!! basta ver o que escrevi ali mais para cima...
ou o que publiquei o ano passado!!

mas também não me (nos) podem "obrigar" a celebrar a passagem de ano civil ;)

swt disse...

É Bem. É Bem.

BLUE MOON I disse...

Bom ano.

Velas do Tejo disse...

Excluíndo o Calendário Judáico, Muçulmano ou o Chinês - como por aqui há um ar de National Geographic - fiquei sem saber se comemora o ano sideral ou o tropical?

Na realidade ninguém obriga a nada... felizmente somos livres. Mas ir um pouco contra a corrente, por vezes, tem as suas vicissitudes. Lembro-me de uma vez ter feito um jantar de máscaras lá em casa, era Novembro, o tema era o Carnaval de Veneza . O jantar até foi giro, mas como me esqueci de comprar café, fomos todos tomar café à rua… enfim! Foi giro…

Velas do Tejo disse...

Agora sim... até para o ano que eu vou com as aves... para sul!

garina do mar disse...

pois... festejar a passagem de ano celta, a 31 de Outubro, não traz problemas a ninguém!! e sempre é uma data que tem que ver com a "terra" e não com um dia "porque sim"

mas aposto que foi muito mais divertido terem ido beber café nesse dia do que em qualquer outro dia do ano ;) ou não?

boa viagem para quem for "ave de arribação" ou simplesmente um "viajante temático" ;)

swt disse...

garina do mar
Esteve outra vez Bem!
Cómica.

Marieke disse...

Muito bem Garina do Mar..és uma conhecedora da alma e tradições celtas..muito pouca gente sabe isso do dia 31 de Outubro...

Na Galiza sobrevivem ainda hoje diversas tradições relacionadas com esta ancestral tradição, à volta do dia de Todos os Santos, ou simplesmente Santos, como é popularmente conhecido.
Em diferentes lugares da Galiza existia o costume de se esvaziarem nabos, colocando-os nos caminhos com uma vela no seu interior para atemorizar os vianjantes. Mais tarde, com a chegada da cabaça da América, esta veio substituir os nabos.Ao que parece, os nabos ou cabaças substituírão em tempos remotos os crâneos dos inimigos, que igualmente eram colocados nos caminhos.

garina do mar disse...

desde o início do Milhas Náuticas que assinalamos as festividades celtas!!

quanto às tradições da Galiza... são como as que existem no resto do Mundo (dia de Todos os Santos, ou Halloween por exemplo)!! valem o que valem porque não têm qualquer fundamentação histórica...

na prática correspondem a ritos populares forçosamente adulterados e "adapatados" ao longo dos séculos

nautilus disse...

Já muitas vezes tinha admirado o cabo ao longe. Sempre pensei que deveria ter uma "boa vista" lá de cima, mas não adivinhava este "mergulhar" no Oceano. A agendar :)

garina do mar disse...

ooh... esqueci-me!!
tinha uma foto com a vista lá de cima, um daqueles "contraluzes" de fazer concorrência ao Eugénio, e esqueci-me de pôr ;(

Laurus nobilis disse...

Nunca lá estive, mas parece-me um sítio óptimo para celebrar qualquer coisa digna! Lindas!!!!