21 abril 2007

Citânia de Briteiros

A Citânia de Briteiros começou a ser estudada em 1875, quando Martins Sarmento dirigiu a primeira campanha de trabalhos arqueológicos. Nas décadas seguintes continuou a descobrir ruínas e decidiu comprar os terrenos onde fica o castro, num gesto sem precedentes em Portugal. Em consequência dos sucessivos trabalhos que foram realizados ao longo dos anos, é hoje visível uma extensa área de ruínas. A fase inicial de ocupação, sobranceira ao Rio Ave, remonta a 1000 anos a.C., inserindo-se no período designado como idade do Bronze. A fase áurea da Citânia, estende-se entre o século II a.C. e I d.C.
Por ordem decrescente temos, a rua principal, um núcleo residencial, a casa do conselho e o balneário - este, foi descoberto acidentalmente quando se rasgava uma estrada nos anos 30, tratando-se de uma das construções deste género mais bem conservadas em Portugal e na Galiza.

6 comentários:

viriato disse...

Há muitos, muitos anos, conspirei com o Conselho no interior da casa grande que se vê. O objectivo de todos era o mesmo: resistir e expulsar os invasores!

morgane the fairy disse...

Lindíssimas fotografias de um lindo castro.
Estes balneários são uma beleza, já o de Sanfins também é. E o que dizer dos banhos aqui? Verdadeiros rituais, cheios de misticismo.

nautilus disse...

Tem razão Morgane. Bonitas fotografias, uma boa amostra da Citânia de Briteiros.
Parece-me muito bem conservada, o que achaste Laurus?
A última vez que fui a Briteiros foi há uns anos largos mas parece-me que a Casa de Sarmento tem andado a fazer um belíssimo trabalho. E tem um site muito interessante sobre Briteiros, com uma espécie de visita virtual.

É pena que Sanfins, que mostrei em tempos não esteja tão bem "tratada", nem que fosse pelo balneário que até me parece mais bonito que este.

Laurus nobilis disse...

Tudo muito bem conservado e o material de apoio à visita também está bastante bem conseguido e é bastante elucidativo.

garina do mar disse...

lindas mesmo!

garina do mar disse...

fui espreitar o artigo sobre Sanfins! eles tinham jeito para os balneários..
mas gosto mais do castro de São Lourenço! quando era "calaica" vivi lá, numa linda casa com vista para o mar..