04 agosto 2011

O farol do Cabo da Roca

Já há uns anos que queria visitar este farol e finalmente surgiu a oportunidade, no âmbito do programa Ciência Viva no Verão.
Este farol do Cabo da Roca, que entrou em funcionamen-to a 26 de Outubro de 1896, veio substituir um outro, mandado edificar pelo alvará de 1 de Fevereiro de 1758, que iniciou o seu funcionamento em 1772.
Do primeiro equipa-mento apenas existem relatos de que por vezes não se avistava a mais do que 2 milhas de distância.
O que era manifesta-mente pouco face à sua importante posição marítima: no ponto mais ocidental do continente europeu e próximo da entrada de um grande porto como é o de Lisboa.
Como em todos os faróis, neste também tem que se subir, apesar de não ser muito dado que se localiza numa falésia com uma altura considerável.
Latitude 38º 46,99' N
Longitude 09º 29,75' W
Principais características:
Altura: 22 m
Altitude: 165 m
Alcance: 26 M
Luz: Fl (4) W 18 s
in "Faróis de Portugal", Marinha Portuguesa. Ciência Viva
E é interessante que em todas as visitas se apprendem coisas novas. Desta vez foi possível ver a lâmpada que está em funcionamento e as lâmpadas suplentes que a substituem automaticamente quando necessário.
Ainda há 8 oportunidades para o visitar este Verão!

5 comentários:

garina do mar disse...

hummm... eu este também queria ir visitar mas as visitas estão todas em lista de espera :(
está gira a lâmpada por dentro!!! e estas escadinhas são sempre bonitas ;)

Laurus nobilis disse...

Este, também ainda não visitei e pelo andar da carruagem, não vai ser este ano...

nautilus disse...

Esta manhã estava a ler um artigo sobre este farol em que contavam a história da "vaca", nome que davam à sereia do farol que tocava no nevoeiro, e lembrei-me que essa sereia serviu de inspiração a um personagem - o Mostrengo - de um livro (aliás 2) que recomendo a quem não leu: as Histórias de Dona Redonda e das suas gentes!

Laurus nobilis disse...

Belos livros! Cá em casa, a ICSA é uma grande fã das histórias da D. Redonda! Não sabia da fonte de inspiração...

sara disse...

Nunca visitei!
Um dia quem sabe...:)))