15 fevereiro 2010

Um passeio na Bretanha: o farol de l'Île Vierge

A costa de Plouguerneau, no Finistère norte (o número 13), é um troço do litoral da Bretanha muito recortado, salpicado de ilhas e rochedos e muito batido pelos ventos e pelas ondas.
Uma destas ilhas é a Île Vierge, situada a 1,5km da costa, a nordeste da entrada do Aber-Wrac’h, onde em meados do séc. 15, foi fundado um convento, habitado durante cerca de 60 anos. Atribui-se o nome da ilha à existência de uma capela dedicada à Virgem.
Na ilha existiu um primeiro farol (cujo edifício ainda existe) que entrou em serviço a 15 de Agosto de 1845.
A construção do actual farol, prevista desde 1882, foi autorizada por uma decisão ministerial de 22 de Abril de 1896, e teve início a 24 de Abril de 1897.
O farol da Ile Vierge, com uma altura de 82,5 m é o mais alto da Europa. Tem uma escadaria com 360 degraus, de uma única pedra e mais 32 degraus de ferro que permitem alcançar a lanterna.
Em 1959, o farol foi electrificado e actualmente é accionado por uma célula fotoeléctrica.







Na página do Departamento do Finistère existe mais informação sobre o farol.

8 comentários:

Laurus nobilis disse...

Imponente! Porque é que o mosteiro só foi habitado 60 anos? Foram os Invernos? Realmente, não devia ser fácil...

garina do mar disse...

o que eles dizem na página é que se mudaram para um novo convento no Aber Wrac'h... em terra sempre devia ser mais agradável para viver!!!

Laurus nobilis disse...

Sim eu li, mas não deixa de ser curioso fundar um mosteiro para só lá estar 60 anos. Pelo menos, os monges, deviam ter relatos fantásticos das tempestades que viveram. No séc. xv, só mesmo homens com fé é que sujeitavam a viver num mosteiro destes!

garina do mar disse...

se calhar mudaram de ideias!!! estavam fartos de levar com o mar em cima...

Navegante disse...

82,5 metros de altura mete respeito, sobretudo se nos lembrarmos que por exemplo o do Espichel tem 32... As fotos estão lindas!

garina do mar disse...

e a brincar a brincar tem mais 20 metros que o de Aveiro que é o 2º maior da Europa!!!!

nautilus disse...

Que grande farol! Mas, a avaliar pelos rochedos e ilhotas da zona, dá para ver que é bem preciso. De tal maneira que até houve quem concluísse que o anterior não tinha altura suficiente.
Deve ter uma bela vista lá de cima! Não foste lá?

E quanto aos "irmãos" do convento o que admira é que tenham posto a hipótese de viver ali :)

Viriato disse...

E todo em pedra...