23 outubro 2008

Iate Inhaca

Fotografia retirada do livro "Veleiros de Portugal" de Francisco Correia Figueira

11 comentários:

nautilus disse...

Que linda escuna! E de onde lhe vem o nome? Tem alguma coisa a ver com a ilha da Inhaca?

Laurus nobilis disse...

Sim, tem, já que este navio pertencia à corporação dos pilotos do porto de Lourenço Marques.

Luís e Joana disse...

Em agradecimento às informações que me foram facultadas quando aqui as solicitei, aqui deixo o título de uma publicação recente sobre as espécies da nossa costa “Guia de Espécies Submarinas”.

garina do mar disse...

as escunas são lindas!!
e eu já passei por aqui este ano mas não havia lá nenhum barquinho tão bonito!! só mesmo canoas...

obrigada Luís e Joana ;)

almagrande disse...

Lindo..e que bem que ía a andar.

sara disse...

Lindinho :))

garina do mar disse...

"lindinho" menina Sara?
uma escuna lindíssima a sulcar tão esbelta as águas do Índico!!!

Anónimo disse...

Quão dificil seria manobrar esta escuna à aproximação dos navios a embarcar e desembarcar o piloto da barra.
Excelentes marinheiros estes!
Definição de escuna:
Veleiro latino de dois mastros, tendo o do traqute com mastaréu onde cruzam vergas do traquete, velacho e joanete. No mastro grande por ante a ré do traquete, enverga uma vela grande quadrangular e gafetope(estênsula). Algumas escunas, como é o caso, não cruzam verga do joanete. Tem tb gurupes com duas a quatro velas de proa.
O termo em inglês schooner refere-se tb a plhabotes e até a lugres de quatro mastros - four masted schooner.
Abraços para a Garina, Nautilus e Nobilis,
JD

Anónimo disse...

Peço desculpa. Confundi escuna com iate.
Iate:
Aparelha com dois mastros envergando latinos quadrangulares (grande e traquete) com gafetope e duas ou três velas de proa.
JD

Laurus nobilis disse...

Não há dúvida que eram mesmo Marinheiros de Portugal!!!

garina do mar disse...

não sei como seria na altura mas agora, a "bóia dos pilotos" é já em águas abrigadas...