21 junho 2008

Ponta de Saint-Mathieu - o farol


Foi construído no recinto de uma abadia beneditina, em 1835, para substituir a torre onde os monges acendiam um fogo todas as noites.
O farol de Saint Mathieu é uma torre com 37 metros, estando a luz, um clarão branco em cada 15 seg, localizada a 58 metros de altitude.

Para chegar à
lâmpada é preciso
subir 163 degraus, de granito tal como todo o farol, e mais esta escadinha metálica.
Em 1932 foi
electrificado,
foi automatizado em 1966, em 2005 passou a ser telecomandado e em 2006 deixou de ter faroleiro.
Mas antes da electrificação, um engenhoso sistema de pêndulos, ligados à argola que aparece do lado esquerdo, permitia acender a luz sem ser necessário subir à torre.

10 comentários:

Laurus nobilis disse...

O lugar precisava de luz... mas é pena terem construído o farol mesmo ao lado a abadia que, pela fotografia, é um autêntico convite a uma visita!

garina do mar disse...

é... mas o farol tinha que ficar mesmo ali!!
e os fogos dos monges não eram suficientes para evitar os naufrágios ;(

nautilus disse...

Foi pena terem pintado o farol. Com o granito à vista enquadrava-se melhor com o convento.
Mas parece-me bem engenhoso esse sistema de acender e apagar a luz sem ter que subir. Afinal, subir 2 vezes por dia 137 degraus não deve ser brincadeira :)

Sofia disse...

Dos faróis mais lindos e interessantes que alguma vez conheci em toda a minha Vida! Adorei!

Sofia disse...

Acabo de ter o meu «baptismo de mergulho» na blogosfera e já consigo assinar os comentários. Mais uma vez muito obrigada por me recordarem da existência deste magnífico farol.

Ana Maria Lopes disse...

O seu farol de Saint Mathieu, com a simpatia que tenho por faróis, levou-me a escrever sobre o Farol de Aveiro, só para a semana.Por agora, pode dar uma espreitadela no Marintimidades; verá uma pequena maravilha restaurada pelo nosso Amigo Marques da Silva.

Miguel disse...

Parabéns pelo Blog. Descobri-o acidentalmenteagora mesmo e apesar de só ter dado uma vista de olhos superficial, gostei muito do que vi.
Continuem.

Fica a promessa de mais tarde e com tempo fazer uma visita mais detalhada.

Miguel

naveganteglenan disse...

Hola garina do mar, me alegro mucho por este post y estas fotos, que parecen haber sido hechas por tí mismo. Bonitas, detalladas e instructivas. Lo que quiere decir que has estado de vacaciones por el faro Saint-Mathieu. ¡Qué suerte!

El faro de Saint-Mathieu sirve para varios alineamientos que son vitales para los marinos. Espero que el faro no estropee mucho la belleza del monasterio.

Sofia disse...

Vim aqui ver se havia «novidades» e deixar-vos um beijinho!

garina do mar disse...

tantas visitas a Saint Mathieu!!
eu também gostei da visita ao farol, apesar do tempo horrível... de resto dá bem para ver a chuva na lâmpada do farol!
mas não foram férias Naveganteglénan, foi só uma visita no fim de um dia de trabalho...
que valeu a pena ;)