31 dezembro 2007

No Espichel...

o primeiro pôr do sol do ano: 1 de Novembro de 2007 "Como o Sol no ocaso se aproxima da curva do Oceano, os grises e os sépias dos altos penhascais ganham tons de oiro velho. As linhas do relevo ressaltam com a nitidez de uma gravura a talho doce. Em baixo o mar rola e dobra ondas que ao atingir o ápice, transparecem claridades glaucas de vitral, enquanto a espuma cimeira, em seu efémero bailado, se debrua duma fina fímbria rósea."
Jaime Cortesão in "Portugal - A Terra e o Homem"

22 comentários:

joao veiga disse...

Aqui rivalizas com o Bolha que, se bem me lembro, já fez 5.698.746 'por de sois', a maior parte dos quais em montemor e na barrinha de mira entre duas aulas de vaurian.
Mas o Espichel é mágico, lá isso é.

swt disse...

Um pôr do sol inteligente e do melhor bom gosto...
Devia haver mais assim!

Pepino do Mar disse...

Ainda estou c'os copos. Até amanhã!

garina do mar disse...

mais pôr do sol assim? deve haver muitos... é preciso é apanhá-los!! o que achei extraordinário foi descobrir esta descrição que se adaptava tão bem à fotografia que eu queria pôr ontem

sara disse...

Feliz Ano Novo :)))

Velas do Tejo disse...

Eh! pá, Garina, esta dos Celtas veio direitinha para a minha knowledge base. A cultura Celta tem-me passado completamente ao lado... mas, logo, logo que possa "tirar a cabeça de baixo de água", faço umas leituras para ficar melhor documentado.

Quanto ao Cabo Espichel. efectivamente, é mágico... é um dos meus locais favoritos para namorar!

Aqui, de onde estou, basta olhar pela janela e lá está o farol...

garina do mar disse...

também vejo o farol! com um estuário pelo meio ;)
esse e o do Bugio e o do Esteiro e o de São Julião...

sobre Celtas há coisas muito boas e muita fantochada!! há 2 profs franceses que investigaram todas as fontes possíveis e imaginárias e que para além do trabalho académico escreveram uns livros bastante bons de divulgação para o "público" em geral...

Velas do Tejo disse...

Bom... entre mim e o Cabo Espichel só vejo mesmo caos urbanístico...

garina do mar disse...

aah... eu vejo um prédio em Algés de cima que não devia lá estar e a Cova do Vapor que não é muito simpático!! mas como tenho algum rio e sobretudo muito mar sempre lava a vista ;)

garina do mar disse...

e repescando os Celtas... pode sempre dar uma volta por aqui!! temos publicado algumas coisas sobre o assunto ;)

Velas do Tejo disse...

Fantástico... começo a gostar da temática celta. Curiosamente o meu filho foi feito no dia 30 de Abril.

Já tenho comentado que ele, por vezes, tem um comportamento meio Indio... tenho mesmo de investigar, na volta o puto é celta... :-)

garina do mar disse...

às tantas... ;)
"as almas dos Celtas passa(va)m de uns para outros"

Velas do Tejo disse...

E quanto às vistas Garina... eu nem lhe digo o que tenho para Norte, no percurso que a vista alcança entre a janela e o Sapal... um aterro durante 3 dias um paraíso durante todo o ano.

Vejam lá se descobrem a charada!

garina do mar disse...

a quinta da Atalaia?

Velas do Tejo disse...

Voila!

garina do mar disse...

facile!!
eu estudei a baía do Seixal ;)

nautilus disse...

Que Luz fantástica! O Sol é um "pintor" nato e aqui esmerou-se.

E que mistura de magias: a do Espichel no seu encontro com o Mar e a de um Pôr do Sol que tenta amenizar o início da "estação escura". Lindo momento.

jc disse...

No post diz:

O primeiro pôr do Sol do ano:1 de novembro de 2007.

Isso significa que só no próximo 1 de novembro de 2008 teremos o primeiro pôr do sol de 2008?
O calendário celta anda atrasado em relação ao civíl?
É que esta dos Celtas(cultura)tem-me sempre passado ao lado confeço.A música não!Adoro.

garina do mar disse...

na na JC!! significa que foi o primeiro pôr do sol do ano Celta...
o do ano civil foi ontem ;)

e se está atrasado ou adiantado é que eu já não sei, mas como os Celtas existiriam antes de Cristo...

Laurus nobilis disse...

Um instante tão intenso, que só uma fotografia pode retratar...

jc disse...

Então não se sabe em que ano Celta estamos,é isso?

garina do mar disse...

que eu saiba não existem anos Celtas... na altura não devia ser preciso andar a contar!!
;)