15 março 2007

uma das coisas que merece referência na construção da fortaleza é o sistema de recolha de águas: todas as coberturas estão preparadas para conduzir as águas pluviais para 2 cisternas, que ainda agora são utilizadas para o abastecimento de água da maior parte da população da ilha!

4 comentários:

Laurus nobilis disse...

é engraçado que, 400 anos depois, ainda são as construções que os portugueses fizeram que servem as populações...

A VER NAVIOS disse...

Laurus Nobilis:
Muito bem observado.
Temo é que se estejam a perder as tradições do histórico e corajoso povo português, que aliás, continua a ser.

Laurus nobilis disse...

Caro "a ver navios",
Um dos problemas é que, a história, está muitas vezes a ser contada de uma forma deturpada, originando que, muitos dos que connosco convivem todos os dias, não tenham orgulho em ser o que são... a nós, que estamos do outro lado, só nos resta sermos capazes de contrariar esta atitude!
Um abraço

nautilus disse...

É de facto extraordinário o "engenho e a arte" dos Portugueses. Esta fortaleza conseguiu (e consegue ainda) ser simultaneamente útil, nas suas várias funções, e uma obra de arte.
Mas felizmente ainda há muitos que não deixam morrer esta chama. E não são só os que continuam a "fazer". São também importantes os que chamam a atenção para o que de bom vamos continuando a fazer.