26 abril 2011

Os Garranos da Serra da Peneda

6 comentários:

garina do mar disse...

tão giros!!! e com pequeninos ;)
há aqui um que estava a olhar para ti...

Voz do Vento disse...

O garanhão estava mesmo desconfiado...

nautilus disse...

Bonitas fotografias!
Estes animais são magníficos :) e é muito interessante este "modo de vida" em liberdade.

Navegante disse...

Lindos animais! Já não vou para estas paragens há muito tempo. Espero que os incêndios do próximo Verão não cheguem aqui. No Soajo, no ano passado, a coisa foi complicada...

Laurus nobilis disse...

O garanhão da última fotografia ficou de vigia, enquanto o resto da manada se ía embora. Estes cavalos, meio assilvestrados, meio selvagens, são realmente um exlibris destas paragens; muitos deles têm dono e alguns estão inclusive marcados com ferro; quanto menos manchas brancas tiverem na pelagem, mais puros são.

Viriato disse...

E logo duas manadas! Na primeira, onde estão mais cavalos visíveis, os animais parecem ser bastante puros. Pelo menos, branco na pelagem dos adultos, não se vê!