20 fevereiro 2011

Um passeio na Bretanha: Ploumanac'h

Na costa de granito rosa, o 21 do mapa localiza-se o farol de Mean Ruz nome tirado da "ponta vermelha" onde se localiza. Este farol substitui, desde 1948, o que foi inaugurado em 1860 e destruído em 1944 pelas tropas alemãs em retirada.
Ao longe vêem-se as Sept Îles, importante reserva ornitológica, onde apenas a Île aux Moines pode ser visitada.
Nesta ilha localiza-se o Farol das Sept Îles, alimentado a energia eólica e que pode ser visitado.

8 comentários:

Laurus nobilis disse...

Esta costa é, de facto, magnífica!

nautilus disse...

Magnífica e variada :) Estes calhaus são impressionantes. E fica-lhe bem o nome: os granitos são mesmo bem rosadinhos. Pela localização no mapa não seria aqui a aldeia do Astérix?

Foi pena o farol ter sido destruído. Pelos vistos não teve a mesma sorte que o de Le Conquet.

E deve ser cá uma chinfrineira nas ilhotas: cheias de passarada e sem visitantes!

Viriato disse...

De facto, Armórica era por aqui...

garina do mar disse...

bem...
a Aremorica, romanizada como Armorica e agora Armorique, era por aqui sim...
por aqui e por toda a Bretanha pelo menos até ao Loire e há quem diga que era até à Gironde!!!

por acaso tenho fotos da zona onde foi "localizada" a aldeia do Astérix, mas ainda não cheguei lá...

Navegante disse...

Quando vejo uma costa assim, lembro-me sempre da "Costa dos Murmúrios" da colecção dos Cinco.

Voz do Vento disse...

Embora não seja a mesma costa da Enid Blyton, tem o seu quê de misterioso. As cores e a luz são fantásticas!

Dylan disse...

Essa costa de "granito rosa" parece o monte (sagrado) Pindo, na Galiza.

garina do mar disse...

bem... eu conheço o monte Pindo!! de resto conheço bem a costa da Galiza, já a percorri por terra e por mar e não tem nada a ver... só mesmo a cor!
tanto mais que o monte Pindo é um monte e a costa de granito rosa da Bretanha é um amontoado de blocos com cotas bastante baixas...