18 janeiro 2011

Pela Serra do Açor I

8 comentários:

nautilus disse...

Que engenhos de água tão bonitos! O de cima parece uma roda de um moinho, será? E o de baixo? Também é moinho ou uma roda de tirar água?

E a fotografia da ponte está fantástica. Em que rio é?

Como de costume não identificas as coisas!

garina do mar disse...

eu acho que é tudo no rio Alva!!!

pelo menos a de cima é... e está muito arranjadinha, tenho uma foto desta nora mas muito abandonada!!

o que eu acho também é que isto já não é bem a serra do Açor...

mas a foto da ponte está gira!! é em Coja? nesta zona há umas praias fluviais fixes...

Voz do Vento disse...

Sim... Deve ser tudo no Rio Alva e esta ponte, penso que é entre Avô e Coja.

Laurus nobilis disse...

Bingo, Voz do Vento! É mesmo aí.

Ó Garina... claro que não é no meio da serra, até porque as fotografias foram tiradas no vale, mas estamos na Serra do Açor!

A primeira é o que resta de uma azenha e a última é um mecanismo para tirar água do rio, com o objectivo de irrigar os campos.

Penso que é tudo no Rio Alva, mas tenho dúvidas em relação à última... Pode ser num afluente...

Navegante disse...

Belo périplo! A foto da ponte ficou realmente bonita. A Garina tem razão; nesta zona, existem umas praias fluviais dignas de serem visitadas.

garina do mar disse...

Garina? quem é essa??????

Navegante disse...

Peço desculpa... A Garina do Mar tem razão... Em ambas as situações!

Laurus nobilis disse...

Aa praias são bem apetecíveis, mas com outro tempo! Quando lá estive, apanhei um dos maiores nevões de que tenho memória na Serra da Estrela. E nesta, as partes altas estavam todas cobertas de neve.