15 março 2010

Lisboa Ribeirinha II

Postais do arquivo fotográfico da CML
Desembarque do peixe no Cais da Ribeira Nova
Canoa de bailéus e barcos de pesca no Cais da Ribeira Nova
Desembarque do carvão no Cais de Santos
Desembarque do peixe no Cais da Ribeira Nova

6 comentários:

nautilus disse...

Está-me aqui a parecer que encontraste outro baú!

Mais um belo conjunto de postais. Devia ser engraçado assistir a estes desembarques :)

garina do mar disse...

bem giras!!!
já agora, o que é uma canoa de bailéus? bailéu é um andaime ou um daqueles elevadores que servem para lavar as janelas, mas aqui não vejo nada parecido...

Navegante disse...

O que impressiona mais é a actividade existente. Nestes tempos, Lisboa vivia de "frente" para o Tejo!

Laurus nobilis disse...

Quanto aos bailéus, também fiquei com a dúvida. Possivelmente a canoa teria um sistema para içar as redes. Já andei a investigar e não cheguei a nenhuma conclusão. No entanto, no postal, essa é a referência.

Voz do Vento disse...

A vida seria mais difícil, mas Lisboa e o Tejo tinham outro encanto...

Carlos Henriques disse...

Bom Dia,

É mesmo juntinho ao Cais do Clube Naval de Lisboa, era assim que se devia chamar em homenagem ao clube centenário.
Lisboa era extraordinária naqueles tempos, agora aquela zona é quase deserta e suja...

Cumprimentos,

Carlos