12 dezembro 2009

Mergulho na "Lagoa Azul"

Na zona chamada "fundão".
Primeiro demos de caras com este cavaco enorme (parece que por lá não é espécie muito apreciada)!
Mas os peixes eram pequeninos...



e havia
muitos restos
de redes e
linhas de pesca,
algumas já
bem antigas.




Se não fosse a temperatura da água

e os "peixes soldado", nem se diria que estávamos em águas tropicais.



31,3 metros! 30 minutos! E água a 27ºC

14 comentários:

Laurus nobilis disse...

É estranho... Sempre imaginei estas águas verdadeiramente tropicais... Será que andam (ou alguém por eles) a fazer asneiras e os peixes estão a começar a desaparecer?

nautilus disse...

Com vida ou sem vida, com peixinhos pequenos ou com cavacos grandes, uma coisa é certa: que bela temperatura da água!

Voz do Vento disse...

Bem, mas mesmo sendo os peixes pequenos, os cardumes são granditos...

ricardo cordeiro disse...

Mas afinal isso é onde? :)

garina do mar disse...

algures entre o Trópico de Cancer e o de Capricórnio...
num sítio onde a água é muito quentinha!!! ;)

Navegante disse...

A pouco mais de 0 graus de latitude! Agora, só falta a longitude...

sara disse...

Pois, ia perguntar onde é que era isto mas já perguntaram....só que fiquei na mesma...lol:)

ricardo cordeiro disse...

São Tomé?

Anónimo disse...

A agua é quente e as pessoas símpaticas o seu estilo de vida é (leve leve)
Bons mergulhos...

Laurus nobilis disse...

Mas afinal, viste ou soubeste de asneiras ou nem por isso?

garina do mar disse...

é São Tomé, sim...
do que me apercebi não há grandes asneiras... tirando com as tartarugas!!
só se vêm (muitas é certo) mas pequenas canoas à pesca... mas também deste lado da ilha o fundo é muito arenoso só com alguns bancos rochosos...

Laurus nobilis disse...

E o que é que se passa com as tartarugas?

garina do mar disse...

isso é outra história...

joao madail veiga disse...

Aqui há tempos mergulhei numa flute de Barrocão Bruto, que acompanhou uma sandocha de leitão, que até fiquei azul.
Tratar-se-ia da mesma lagoa???