28 maio 2009

De volta ao ilhéu de Vila Franca do Campo


Desta vez de Poente para Norte, a caminho da "entrada"!
e com a particularidade de levar 2 computadores que assinalavam a profundidade com quase 1 m de diferença!!
Os jardins estavam bonitos, cheios de "flores" e bem arranjados




A dona moreia passeava-se cá por fora






e a menina medusa deliciava-se com a força da corrente...
16,2 m! 58 minutos! dos quais pelo menos metade a dar à barbatana com toda a força para vencer a corrente, ir fotografando pelo caminho e conseguir acompanhar o Ricardo que "voava" baixinho!

8 comentários:

Laurus nobilis disse...

Tudo muito arranjadinho, sim senhora... Ouvi dizer que andavas um metro para a frente e se paravas, andavas dois para trás, com a corrente! Mas a medusa, parece mesmo estar a divertir-se! Quanto aos computadores, se calhar é melhor arranjar um só, mas que seja mais fidedigno!

ricardo cordeiro disse...

Chiça! Maldita corrente!

Não percebeste que eu estava a "abrir" caminho para ti? :p

Deu para perceber é que estás em grande forma! Malta muito mais nova (não te estou a chamar de velha) desistiu a meio da luta! Shame on them!

nautilus disse...

Está uma visibilidade óptima :) E os "jardins" estão muito primaveris.
Que lindo passeio miúda!

M. disse...

.... só para dizer que isto não presta. Para além de não prestar, digo também que as águas e azul dos Açores não me fazem sentir saudades nenhumas. :P

... ai.

M.

garina do mar disse...

e quem calibra a "fidedignidade"? teoricamente o 2º computador (que mostrava menos profundidade) é muito melhor do que o primeiro!! mas acho que não estava bem calibrado... e entre os dois prefiro o 1º!!! sempre está do lado da segurança...

com que então a abrir caminho? pois era, estava uma visibilidade péssima como se pode ver nas imagens ;)
por acaso acho que a "forma" é uma questão de técnica e não de idade... há muito mergulhador que não sabe dar à barbatana!!

as florinhas eram lindas ;)

e as águas dos Açores?! pois, já lá estava outra vez...

ricardo cordeiro disse...

Tu não me digas que acreditas mais no computador velho que no novo... arruma o velho numa gaveta. :p

Tu estavas protegida pelo meu cone de água... mais ou menos como colocares-te atrás do cone de ar de um carro... daí o abrir caminho! :p

garina do mar disse...

por enquanto acredito ;))))
o outro dizia que eu estava a 60 m de altitude quando cheguei a terra... e ainda não tive tempo de estudar o livro de instruções!!

pois claro... o cone de água ;)

Dylan disse...

Das profundezas do ilhéu não conheço, mas o que se passa à superficie é muito belo.