26 dezembro 2008

Farol do Penedo da Saudade

O capitão de fragata Francisco Maria Pereira da Silva, à data Inspector de Faróis, no seu levantamento de 1866, dos locais escolhidos para edificação de faróis de segunda e terceira ordem, ao longo da costa de Portugal, antevia a necessidade de erigir um farol na posição aproximada onde hoje se localiza o farol do Penedo da Saudade. Em 1902, uma Comissão nomeada para o efeito, resolveu aceitar o ponto denominado Penedo da Saudade que dista 25,5 milhas do Cabo Mondego e 30,5 milhas da Berlenga, ficando numa posição intermédia entre os dois, tendo o terreno onde está o edifício do farol mais uma faixa de 10 metros de largura em redor, sido cedido pelas Matas do Reino.
O Farol do Penedo da Saudade entrou em funcionamento a 15 de Fevereiro de 1912 e tem uma uma torre com 32 metros de altura e 55 metros de altitude. A fonte luminosa utilizada era a incandescência pelo vapor de petróleo. De Março de 1916 a Dezembro de 1919 o farol esteve apagado devido à Primeira Grande Guerra.
Em Julho de 1947, foi electrificado com a montagem de dois grupos electrogéneos. O farol começou a funcionar com incandescência eléctrica, sendo instalada uma lâmpada de 6000 watts, tendo em 1966 sido reduzida a potência da fonte luminosa e instalada uma lâmpada de 1500 watts.
Foi ligado à rede eléctrica de distribuição pública em 1980, iniciando-se também a automatização, tendo a lâmpada sofrido uma nova redução de potência (1000 watts). Em 1997 e 1998 foram feitas grandes obras de reconstrução e remodelação, no interior e exterior dos edifícios e nos telhados.
in Revista da Armada nº 383 de Fevereiro de 2005.

5 comentários:

garina do mar disse...

o farol é imponente...
num troço de costa muito bonito!!!
e ficou giro teres apanhado o farol já em funcionamento ;)

joao madail veiga disse...

Já passei ao largo muitas vezes e um ano aqui atrasado passei férias lá, em São Pedro Manuel.
Uma xaxada, foi.

nautilus disse...

Os faróis são sempre "objectos" interessantes. E fascinantes!
"Xaxada"? Não me parece :)

Na fotografia para sul, aparece ao longe o promontório da Nazaré de que "falei" em Novembro.

joao madail veiga disse...

xaxada as férias.

nautilus disse...

Eu percebi :)
Evidentemente que há sítios melhores, mas pode-se ter umas férias divertidas nestas bandas.