28 setembro 2011

Leões do Niassa

Depois de um dia inteiro a passear no Bloco R1 (ex-Bloco E) da Reserva do Niassa, entre queimadas que obrigavam a reequacionar o percurso e cursos de água que por vezes tínhamos que vencer com a ajuda do guincho, chegou o fresquinho da tarde e começaram a aparecer os animais... 
Uma breve paragem para ver um grupo de fêmeas de inhacoso, e logo a seguir um dos pisteiros (que iam em cima do jipe para ter melhor visibilidade) bate no tejadilho: LEÃO!
À primeira vista só se via aquele pequeno exemplar a espreitar, curioso, por detrás de uma árvore.
Mas logo a seguir "SURPRISE!", aparecem mais três juvenis também curiosos com a nossa presença e duas fêmeas adultas.

As leoas, numa primeira abordagem, tentaram puxar as crias para trás, mas, perante a curiosidade irresistível dos mais novos e a nossa insistência em ficar por ali, resolveram impôr o respeito.

Foi lindo de ver: umas corridas para a frente com ar ameaçador, uns saltinhos, e tudo a "rosnar", como quem diz "livrem-se de se aproximar!" Mas mantendo sempre a distância que resulta de um desafio entre "iguais": afinal eles sabem que o homem (também) é um predador
Por precaução os pisteiros entraram (pela janela) para dentro do jipe e ainda demos umas voltas por ali: afinal faltava o macho grande!?! que não vimos, provavelmente andaria na sua "patrulha" habitual de fim de dia.
Só este jovem macho que por precaução, ou pose!?! ficou o tempo todo ali deitado e só se dignou levantar quando nos aproximámos com o jipe e o grupo de leões achou que o melhor era retirar-se...

Com a Bushfind.

8 comentários:

Laurus nobilis disse...

Finalmente começas a contar-nos a tua aventura! Belíssimos exemplares; deve ser uma sensação formidável darmos de caras com animais deste calibre. Não sei bem porquê, mas estava à espera de ver outro tipo de habitat.

garina do mar disse...

é giro ;)
de que habitat estavas à espera? o Niassa é famoso pela floresta de Miombo...

Laurus nobilis disse...

Sim, mas estava à espera de uma paisagem mais aberta... Devo estar influenciado pelos filmes do NG!

Voz do Vento disse...

A primeira foto está muito engraçada. Acho que percebo o que o Laurus quer dizer. Normalmente, nos filmes, aparecem em savana, em espaços com poucas árvores.

nautilus disse...

Que lindos leões. E tantos! Concordo com o Laurus Nobilis, deve ter sido um encontro emocionante.
Mas porquê tantas queimadas? Mesmo os leões estão numa zona que ardeu, não é? Não era Inverno nesta altura?

garina do mar disse...

deve ser mais fácil fazer documentários em áreas abertas?!?! ;)
há muitas zonas mais abertas... e muitas outras de floresta!!!
a reserva do Niassa é uma área de floresta...
mas mesmo assim há zonas onde o capim é tão alto que não se vê nada :( por isso é que se fazem queimadas: vê-se mais longe e nascem ervas "fresquinhas" de que os animais gostam mais ;)
e nesta altura do ano apesar de o tempo ser menos quente (no Norte de Moçambique o clima é tropical por isso não tem estações) é mais seco: uma boa altura para se passear por lá!!!

outra leoa:
http://videos.sapo.pt/rJ4jGu6yYMLdl2ddwLpm
esta foi mesmo na zona de reserva, e de noite!!!

joao madail veiga disse...

Bem, não sendo adepto do Sporting, são, na verdade, uns animais do caraças. Pena não saberem nadar, mas enfim, não se pode ter tudo.
Fico à espera de mais cronicas.

garina do mar disse...

os leões não sabem nadar? por acaso há dias vi um vídeo de uma zebra a afogar uma leoa mas isso foi como defesa...